Hooters São Paulo

Franquia de restaurante é conhecido, além pela boa comida, pela suas garçonetes que dançam, andam de patins e sempre estão com o famoso shortinho laranja.

Hoje com uma unidade na Rua Gomes de Carvalho, nº 1575, e outra no Mooca Plaza Shopping, a rede tem interesse em abrir uma franquia no Rio de Janeiro até o inicio de 2013 e provavelmente será no Shopping Cittá America (Barra da Tijuca).

A expectativa é que, até a copa do mundo já tenham 12 unidades do restaurante, ativos aqui no Brasil.

 

Sua satisfação amorosa é retrato da idade de sua primeira relação sexual

Um estudo da Universidade do Texas em Austin (EUA) descobriu que o momento da primeira relação sexual de uma pessoa pode influenciar sua vida romântica na idade adulta.

Os pesquisadores queriam descobrir se o início da vida sexual na adolescência podia prever o futuro romântico das pessoas – se elas casariam ou viveriam com seus parceiros, o número de parceiros românticos que teriam, se estariam satisfeitos com seu relacionamento, etc – mais tarde na vida adulta.

Para tanto, um grupo de psicólogos liderados pela principal autora do estudo, Paige Harden, analisou 1.659 pares de irmãos do mesmo sexo que foram seguidos desde a adolescência (cerca de 16 anos) até a idade adulta jovem (cerca de 29 anos).

Cada irmão foi classificado como tendo uma primeira relação sexual precoce (menos de 15 anos), em tempo (15 a 19 anos), ou tardia (mais de 19 anos).

Os que tiveram uma primeira experiência sexual tardia foram associados com maior escolaridade e maior renda familiar na idade adulta. Também eram menos propensos a se casar e tiveram menos parceiros românticos na idade adulta.

Entre os participantes que eram casados ou viviam com um parceiro, a iniciação sexual mais tardia foi associada a níveis significativamente mais baixos de insatisfação no relacionamento na vida adulta.

Eles eram mais propensos a dizer que estavam satisfeitos com a forma como eles e seus parceiros resolviam conflitos, a relatar que seus parceiros lhes davam amor e carinho, e a dizer que gostavam de fazer coisas do dia-a-dia com os seus parceiros.

As associações continuaram as mesmas depois que os cientistas levaram fatores genéticos e ambientais em conta, e não pode ser explicada por diferenças na escolaridade, renda ou religiosidade na vida adulta, ou por diferenças de envolvimento amoroso, índice de massa corporal ou atratividade na adolescência.

Isso significa que o momento da primeira relação sexual prediz a qualidade e a estabilidade dos relacionamentos românticos na idade adulta e que, quanto mais tarde for esse momento, melhor pode ser para a pessoa.

Prejuízo x benefício

Não é comum se ouvir dizer que os jovens de hoje andam muito precoces ou até mesmo amorais. Eles se engajam em mais comportamentos de risco e namoram e transam mais cedo do que se costumava antigamente.

Mas em até que ponto a experiência sexual precoce pode prejudicar os adolescentes?

No novo estudo, participantes que tiveram experiências precoces ou no tempo considerado mais adequado foram em grande parte indistinguíveis.

Os dados, então, sugerem que o início sexual precoce não é tanto um fator de risco quanto o início tardio é um fator “protetor” para moldar a vida romântica na idade adulta.

Além disso, estudos anteriores descobriram que a relação sexual mais precoce nem sempre está associada com resultados negativos. Adolescentes que tiveram sua primeira relação sexual mais cedo na vida, mas dentro de um relacionamento de namoro, tinham menores níveis de comportamentos delinquentes, por exemplo.

Quanto mais tarde, melhor?

Vários mecanismos podem explicar a relação entre iniciação sexual tardia e felicidade no amor na vida adulta.

É possível, por exemplo, que as pessoas que têm seu primeiro encontro sexual mais tarde na vida também têm certas características que afetam ambos o atraso sexual e a qualidade do relacionamento. Por exemplo, essas pessoas são mais maduras, seguras, etc.

Elas também poderiam ser mais exigentes na escolha de parceiros amorosos e sexuais, resultando em uma relutância em entrar em relacionamentos íntimos a menos que esses sejam muito satisfatórios.

Também é possível, no entanto, que as pessoas que têm a sua primeira relação sexual mais tarde simplesmente tenham passado por experiências diferentes, evitando primeiros encontros que poderiam ter efeitos prejudiciais mais tarde.

Por fim, Harden afirma que é possível que os indivíduos que têm relacionamentos íntimos apenas mais tarde, depois de terem acumulado maturidade cognitiva e emocional, podem ter melhores habilidades de relacionamento do que os indivíduos que entram em relações íntimas enquanto ainda são adolescentes (e imaturos).

Pesquisas futuras podem ajudar a identificar quais desses mecanismos realmente influencia a relação entre o momento da primeira experiência sexual e futuros resultados românticos

 

Noticia retirada do site hypescience

Fantasias femininas

Confira as 10 principais fantasias sexuais femininas:
10 principais fantasias sexuais femininas, listadas pelo site americano Ask Men:

Dança particular
Elas sonham em fazer strip-tease, porque se sentem atraentes com a situação e a ereção dos parceiros mostra que estão no controle.

Exibicionismo
As mulheres podem não fazer um filme pronográfico caseiro, mas provavelmente já fantasiaram com isso. Algumas também sonham em fazer sexo em lugares públicos com pessoas assistindo.

Fantasias de força
São muito populares entre as mulheres e a maioria dos psicólogos acredita que seja porque permitem que elas tenham o sexo selvagem que desejam, sem sentir a culpa que pode aparecer depois. Essa fantasia geralmente envolve um homem lindo levando-a para o quarto. Rapidamente, ele arranca sua roupa e desperta seu corpo.

Voyeurismo
Mulheres também gostam de assistir pessoas fazendo sexo. Podem fantasiar sobre espiar a janela do vizinho, um casal em um local escondido de um parque ou até uma orgia.

Uma mulher com dois homens
Nessa fantasia, os homens tipicamente são heterossexuais e toda a atenção deles é para ela.

Duas mulheres e um homem
A fantasia raramente envolve o homem tocando a segunda mulher. O que ela quer é que o homem assista às duas e, depois, dê atenção somente a ela. Assim, afasta a preocupação com inveja e ciúme.

Sexo com um estranho
A maioria não colocaria essa fantasia em prática por conta de sentimentos como culpa, mas gosta de pensar nisso. A ideia de um homem lindo se aproximar dela em um bar e levá-la direto para a cama mexe com a libido feminina.

Professor/aluna
Acredite, elas gostam de se fantasiar de colegiais para que os “professores” mostrem o caminho.

Homem domina mulher
Mulheres fantasiam com homens que tenham pegada, que segurem seus cabelos puxando a cabeça para trás, que as coloque contra a parede e as joguem na cama. Elas querem ser dominadas na cama.

Mulher domina o homem
As mulheres também gostam de sentir que estão no controle. O cenário gira em torno de o homem adorar o seu corpo e implorar por sua atenção.

Fonte: Revista impulso

Dormir de conchinha

Mulher cobra R$120,00 para dormir abraçada.

Surge uma nova profissão.

A americana Jackie Samuels (29 anos) criou um site em que oferece um serviço especializado em “dormir abraçada” com seus clientes, o chamado “cuddle” em inglês.

Ela cobra o equivalente a R$ 120 por hora e avisa logo de cara que o serviço não tem nenhuma relação com sexo.

Não tem nada de sexual”, disse, em entrevista recente à TV dos EUA. Seus clientes buscam relaxar e ter algum tipo de contato humano que dê a sensação de conforto.

Fonte: G1 e Revista Impulso

Homens que malham “turbinam” vida sexual

Se você quer dar um upgrade na sua vida sexual, é bom começar a malhar

Homens de meia idade que começam a se exercitar experimentam uma melhora na cama, de acordo com um estudo britânico. Além de perder os pneus e a famosa barriga de cerveja, homens na faixa dos 40 e 50 anos que começam a malhar apresentam contagem mais alta de espermatozóides e ereções mais vigorosas.

O estudo mostrou que a perda de peso, especialmente de gordura, associada ao aumento de massa muscular, reduz em 50% as chances de os homens terem queda nos níveis de testosterona.

As conclusões vêm de um estudo feito por médicos de Dublin com 900 homens com idade média de 54 anos, participantes de um programa de prevenção de diabetes.

A pesquisa testou a relação entre a perda de peso e a diabetes, comparando a eficácia de medicamentos, placebos e dietas associadas a exercícios. Neste último grupo, notou-se que o aumento nos níveis de testosterona eram diretamente proporcionais à perda de peso.

De acordo com a Dra. Frances Hayes, do St Vincent’s University Hospital, em Dublin, “A perda de peso em homens que estão com quilos extras não apenas reduz o risco de eles desenvolverem diabetes, mas também parece estimular o corpo a produzir mais testosterona.”

Se você é um desses, é bom passar numa já numa academia.

Fonte: Club Alfa

Os 10 países mais pr omíscuos do mundo

A Universidade de Bradley, nos Estados Unidos, pesquisou o comportamento de 15 mil pessoas em 48 países para realizar o ranking dos países mais promíscuos do mundo. E acreditem, o Brasil ficou em 18º na lista.

Segue o ranking dos países:

1.Finlândia
2.Nova Zelândia
3. Eslovênia
4. Lituânia
5. Áustria
6. Letônia
7. Croácia
8. Israel
9.Bolívia
10. Argentina

“Durante a pesquisa, os especialistas confirmaram, ainda, crenças populares como a de queos homens são mais safadosdo que as mulheres na hora de se relacionar com muita gente em pouco tempo”.

Via Superinteressante e sweetlicious

69 idéias exitantes

Garotos de programa dão dicas para apimentar o sexo

Fantasias sem censura

1 “Uma cliente pedia que eu a encontrasse depois do jiu-jítsu, vestindo quimono e suado.” Hudson

2 “Banco o caubói, com jeans surrado, lenço no pescoço e chapéu. E pego um chicote de brinquedo. Aí, monto de cavalinho nela e dou chicotadas de leve.” Janderson

3 “Me visto de garçom. Uso apenas uma gravata- borboleta” João

4 “Encarno o executivo, vendo os olhos dela com a gravata e permito que me dispa com a boca.” Eros

5 “Coloquei farda de policial e a algemei na cama com um lençol amarrado na boca. Rasguei suas roupas peça por peça.” Leonardo

Prazer em todo lugar

6 “Já agarrei uma cliente na lavanderia. Transamos ali, enquanto a irmã dela via tevê na sala.” Ricardo

7 “De madrugada, parei o elevador com a trava de emergência, peguei-a no colo e fizemos lá mesmo.” Marcelo

8 “Quando vamos jantar num restaurante, arrasto a cliente para uma rapidinha.” Tarcízio

Banquete dos prazeres

9 “A cliente me ofereceu morangos e eu, na hora, os coloquei na vagina e fiz sexo oral nela!” Janderson

10 “Derramo leite condensado pelo corpo e lambo feito criança.” Otávio

11 “Já espalhei melancia sobre uma cliente e suguei o caldo. Tomar champanhe no umbigo também é parte do pacote!” João

12 “Deito a mulher na cama e vou derramando uma bebidinha pelo corpo dela com a boca. Depois passo a língua pelo rastro.” Marcelo

13 “Espremo frutas na barriga, nos seios, nas coxas e, com muito apetite, me delicio” Leonardo

Massagistas de plantão

14 “Com as mãos lambuzadas de óleo aromático, aperto a polpa dos polegares nos pés. Vou subindo por todo o corpo dela dando leves beliscões.” Rodrigo

15 “Para relaxar antes do vamos ver, massageio os pés e a nuca dela com óleo de bebê.” Ricardo

16 “Percorro o corpo da cliente para que sinta o calor das minhas mãos. Alterno movimentos firmes e suaves nos pés e vou subindo pelas pernas, joelhos, coxas, nádegas, costas, braços, axilas e ombros. Uso a boca para acariciar o pescoço e os seios, assoprando, beijando e sussurrando.” Tarcízio

Provocação sem limites

17 “Passo uma rosa por todo o corpo dela até se excitar. Dou a flor de presente no fim.” Otávio

18 “Danço para ela e deixo que passe as mãos em mim” Gustavo

19 “Sou romântico. Uma vez, escrevi uma poesia no corpo dela com batom.” Eros

20 “Já decorei o quarto com velas, pois sabia que a mulher adorava!” Hudson

21 “Gosto de beijar a zona entre as coxas – isso atiça demais a mulher.” Gustavo

22 “Convido-a para dançar – em cima da cama, no palco do motel, no chuveiro… Faz com que ela fique descontraída.” Janderson

23 “Preparo uma poção excitante que leva catuaba, amendoim, sorvete e vodca.” Ricardo

24 “Sussurro coisas picantes no ouvido e, quando acelero a penetração, digo que estou quase lá. É um poderoso afrodisíaco.” Gustavo

25 “Fervo por 2 minutos 1 litro de vinho tinto suave com um pauzinho de canela, 7 cravos-da-índia, 1 pitada de manjericão seco em pó e sirvo depois de frio com 1/2 litro de suco de maracujá. Minhas clientes sobem pelas paredes.” Eros

26 “Pétalas de rosa ativam a energia e aumentam o desempenho sexual. Esfrego-as no corpo dela quando faço massagem.” Leonardo

27 “O meu beijo na boca: chupo o lábio de baixo e corro a língua nele com sensualidade.” Gustavo

Sedução na água

28 “Faço muita espuma na banheira, como nos filmes. A melhor posição para esse espaço reduzido é o papai-e-mamãe ou ela por cima.” Janderson

29 “Toda vez que tomo banho com uma mulher, peço para depilar suas partes íntimas.” Hudson

30 “Como a penetração é mais difícil embaixo d’água, encaixo na posição cachorrinho enquanto a banheira enche e abaixamos aos poucos.” João

31 “Gosto de ensaboar a mulher usando meu corpo como bucha.” Tarcízio

32 “No chuveiro, ela se masturba com a ducha, de costas, e eu encosto a ponta do pênis atrás, esperando que peça mais.” Leonardo

33 “Jogo pétalas de rosa na banheira e pingo 5 gotas de óleo de rosas. Traço um caminho de flores da cama até o banheiro” Tarcízio

Striptease: investimento garantido

34 “Jogo dados luminosos de sex shop que indicam o que tirar primeiro.” Janderson

35 “Vou ficando nu ao som que ela gosta. Passo óleo de massagem no corpo para ficar gostoso.” Hudson

36 “Com um olhar malicioso, vou me despindo e perguntando se ela quer fazer sexo oral. Quando a mulher não aguenta mais de desejo, coloco na boca dela.” Leonardo

37 “Fico em pé na cama, por cima dela. Vou jogando as peças pelo quarto e pedindo sua ajuda nas partes mais difíceis, como desabotoar a calça” João

Carinhos quentíssimos

38 “Dou mordidinhas e beliscões, de leve, no bico. E provoco a região com um gelo.” Hudson

39 “Mordo o bico rangendo os dentes e puxo, assoprando.” Gustavo

40 “Caio de boca e mamo gostoso até senti-los enrijecer na boca.” Leonardo

41 “Faço massagem com óleo que esquenta a pele, de chocolate ou menta.” Janderson

Trabalhos manuais

42 “Estimulo o clitóris com dois dedos e faço sexo oral junto. Até ela gozar.” João

43 “Massageio os grandes lábios movimentando os dedos como se fosse uma cobrinha.” Gustavo

44 “Depois do sexo oral, escorrego o dedo com gel K-Y na vagina. Se a cliente gostar, vou aprofundando e estimulando essa região mais e mais.” Tarcízio

45 “Sou ótimo na masturbação com cubos de gelo. Para relembrar aquele momento, uma cliente passou a usá-lo sozinha.” Hudson

De boca

46 “Passo um óleo que esquenta e assopro para brincar de quente-frio. Finalizo com um bom trabalho de lábios lá embaixo.” Hudson

47 “Pingo uma bebida na vagina e vou sorvendo devagar.” Marcelo

48 “Beijo todo o corpo da garota. Quando ela está cheia de tesão, corro a língua pelos grandes lábios.” Otávio

49 “Com ela na posição cachorrinho, faço oral por trás, passando a língua também pelo ânus.” João

50 “Chupo cubos de gelo para a minha língua ficar geladinha…” Ricardo

51 “Deito de barriga para cima, ela senta sobre o meu peito, perto da minha cabeça, e deita de costas no meu abdômen. Então, toco de leve a língua no clitóris e vou fazendo um movimento progressivo. Peço que goze na minha boca.” Tarcízio

Papai-e-mamãe para PH.D.

52 “Na clássica posição, dou uma de mestre-sala e solto o quadril. Mexo com vontade até ela subir às nuvens.” Eros

53 “Para turbinar o papai-e-mamãe, olho nos olhos! Isso faz com que a mulher se sinta mais segura.” Hudson

54 “Fecho as pernas dela e abro as minhas ao máximo. Assim, tenho contato maior com o clitóris.” Rodrigo

Orgasmo garantido

55 “Ela fica deitada de costas e eu em pé. Daí, levanto suas pernas e encaixo por trás, como se seu corpo fosse um carrinho de mão.” Gustavo

56 “Sentado em uma cadeira, coloco-a no colo, de costas para mim. Enquanto massageio seus ombros, ela se encaixa e encontra o ritmo perfeito” Leonardo

57 “A mulher deita de bruços e eu fico por cima. Encaixo minhas pernas nas dela e dito a intensidade dos movimentos.” Eros

Acessórios quentes

58 “Faço sexo oral com um óleo de massagem que tem sabor de fruta. Adoro!” Hudson

59 “Uso um par de algemas para prender as mãos dela ao redor do meu corpo.” Otávio

60 “Aposto numa camisinha que tem saliências por fora e retarda o orgasmo.” Marcelo

61 “Espalho perfume com cheiro de morango no pênis.” Janderson

62 “Tenho um anel tripla ação que estimula de uma só vez o ânus, a vagina, o clitóris e os lábios vaginais. É poderoso.” Eros

63 “Comprei um vibrador que simula um pênis negro, para variar.” Ricardo

64 “Começo as preliminares com um massageador de clitóris que relaxa a gata.” Janderson

65 “Faço sexo anal enquanto introduzo na frente um vibrador duplo ou de coelhinho.” Leonardo

Sexo anal

66 “Antes de começar o sexo anal, passo um dedo molhado lá. Depois, ponho o menino com jeitinho e paro” Gustavo

67 “Aplico um gel no dedo e encaixo-o lá dentro. Fico brincando até perceber que ela está preparada. Então ponho o pênis enquanto sussurro coisas no ouvido.” Otávio

68 “Fico deslizando a língua por todo o contorno do bumbum até chegar ao ponto central. Daí, o ideal é a mulher ficar em cima, pois dessa forma tem total controle na velocidade e profundidade da penetração.” Rodrigo

69 “Com cuidado, enfio o dedo no ânus fazendo movimentos circulares. E ela vai rebolando para receber mais um pouco.” Eros

Fonte: Cam4

Chope, paquera e petiscos

Guia elege melhores bares de SP

Ao lado dos bares Mercearia, São Pedro, Número, Veloso e Bar Brahma, o Astor levou o título de melhor bar de São Paulo.

Os bares Astor, Mercearia, São Pedro, Número, Veloso e Bar Brahma foram eleitos como os melhores bares de São Paulo, de acordo com o guia O Melhor de São Paulo – Restaurantes e Bares, divulgado neste sábado (23) pelo jornal Folha de S. Paulo.

A votação também elegeu o título de Melhor Chope, que ficou com o bar Genésio; a Melhor Carta de Cerveja, com o Frangó e o Melhor Drinque, com o SubAstor.

Para quem quer se divertir e flertar, as dicas são os bares Estadão e Filial, que venceram a categoria Melhor Fim de Noite; Baretto, Bar Brahma e Casa de Francisca, como Melhor Música ao Vivo; Z Carniceria, o Melhor para Paquerar; e o Bar da Dida, como Melhor GLS.
O guia considera, ainda, o bar Lions, com o título Melhor Área para Fumantes; e o bar Skye, como Melhor Bar em Hotel; além de trazer os bares mais lembrados por região, incluindo nomes como Bar Mooca, Bar da Praça e Bar do Juarez.

A votação elege 48 vencedores da votação de um júri formado por 100 pessoas, entre atores, estilistas, colunista, cineastas, e outros; e da pesquisa feito pela Datafolha. Além dos melhores bares, o guia também traz os restaurantes mais votados, divididos nas categorias Melhor Restaurante; Melhor Francês; Melhor Pizzaria; Melhor Português; Melhor Árabe; Melhor Churrascaria; Melhor Italiano; Melhor Cozinha Brasileira; Melhor Feijoada; Melhor Japonês; Melhores Pescados e Frutos do Mar; Melhor Variado; Melhor Novidade; Melhor Cozinha Rápida; Melhor Vegetariano; Melhor Madrugada; Melhor Ambiente e Mais Lembrados por Região.

Fonte: Terra e Revista Impulso

Por que homens gostam tanto de sexo anal?

A resposta é que pelo simples fato de muitas mulheres não aceitarem, o homem acaba criando uma vontade, um fetiche por aquilo que é proibido, afinal o ânus não foi feito para a entrada de nada e sim para a saída. Outro fato que ajuda aos homens gostarem tanto de sexo anal é pelo ânus ser um lugar muito pequeno, o que traz mais prazer para o homem.

Claro que muitas mulheres gostam de sexo anal, mas muitas delas acabam optando por não fazer, por acharem isso cara de filmes pornôs e achar que seu parceiro vai julgá-la como puta.

Para realizar o tal ato é preciso higiene, uso da camisinha para que não ocorram futuros problemas. O aconselhável é fazer o sexo anal no máximo 2 vezes por semana.

Mesmo que você diga “EU NUNCA VOU TE DAR MEU CU”, eles nunca vão desistir de tentar. Na hora do sexo sempre rola aquelas deslizadas, do tipo “escorregou sem querer”. Muitos homens pensam “bom… estou chegando perto e ela não disse nada até agora, então vou continuar”. ESQUECE! Pergunte antes de tentar fazer qualquer coisa.

Se existem 2 buracos, porque não usar o da frente? Estão gulosos? Então não se esqueçam que esse buraco de trás vocês também têm.

Se você, não quer fazer sexo anal use a frase: “Quando você der seu cu eu também dou o meu”. Isso resolve.

Texto por: @lumazotti
Retirado de: Puro Veneno

Os 10 pecados do sexo casual

Especialistas apontam aqueles erros imperdoáveis mesmo numa relação casual e dão dicas para tornar a experiência não só agradável como elegante

1. Sair correndo depois do sexo
Depois do sexo, catar a roupa e sair correndo só se o encontro tiver sido absolutamente desastroso! Pode ficar para o café da manhã? Sim! “É bem-educado. Só não pode ter muito apego, uma coisa que gere sentimento”, explica Rodrigo Farah, jornalista, consultor de conquista e paquera e colunista do Delas.

O segredo é sempre tratar o outro com gentileza. Se for inevitável “sair correndo”, é bom deixar claro antes. “Diga, ok, nós vamos transar. Eu sei que não vou resistir e estou super a fim, mas realmente preciso entregar um trabalho amanhã e precisarei sair em seguida”, sugere Vanessa de Oliveira, ex-garota de programa, escritora e consultora da revista Playboy.

2. Folgar na casa do parceiro
Perguntar sobre fotos, ir abrindo a porta da geladeira ou, então, atender o telefone do outro, nem pensar! Isso é invadir todas as zonas de conforto: “Alguns espaços são compartilhados. A cama e o banheiro são permitidos, mas, se avançar mais do que isso, incomoda”, pontua o psicólogo Thiago de Almeida, ressaltando ainda que esse tipo de aproximação pode repelir o parceiro.

3. Despachar o outro num táxi
Aqui a regra é a seguinte: Se você pegou o parceiro em casa com seu carro, tem que levá-lo de volta. Se for preciso um táxi, sem problemas, desde que o outro receba essa informação com gentileza.

“Avise que vai chamar um táxi e, se você é um homem, ofereça para pagar a corrida”, ensina Vanessa. Ligar para conferir se o outro chegou bem em casa, também faz parte da dica de gentileza: “Mesmo que vocês não conversem nunca mais, isso demonstra que você é uma pessoa que consegue se preocupar com os outros”, completa.

4. Tratar o parceiro como objeto (ou segunda opção)
Ligar para o outro no meio da noite, pois não encontrou nada melhor na balada, é falta grave. “Não é legal. Apesar de o relacionamento ser carnal, somos seres humanos. Ninguém gosta de se sentir a segunda opção. E, se você liga, está escancarando isso”, diz Rodrigo.

5. Dar sermões sobre comprometimento
Avisar o outro para “não se apaixonar”, pode ser broxante: “Parece muita prepotência. Quem diz isso afirma, subliminarmente, que é uma pessoa apaixonante”, comentou Vanessa.

Mas do ponto de vista masculino, deixar claro que é só sexo, não é questão de ser arrogante. Segundo Rodrigo, esse tipo de atitude é válida, desde que usada com parcimônia: “Sou a favor da conversa franca. Vale a pena deixar tudo às claras justamente para colocar limites. Só não vale é ficar repetindo isso toda hora, feito mantra”, declara o colunista.

6. Abrir a vida sentimental
Falar sobre problemas sentimentais na cama, com alguém com quem você não tem compromisso, é forçar demais a intimidade. “Os homens se sentem frustrados”, afirma Thiago.

Aliás, existe um tópico que deve ser evitado a todo custo: ex-namorado: “É um peso sentimental que você passa para a outra pessoa. Isso não ajuda nada a criar um clima gostoso”, completa Rodrigo.

7. Não usar camisinha
Segundo os especialistas entrevistados, esse é o pior erro. Além de uma gravidez indesejada, pode-se contrair uma enorme variedade de DST’s (Doenças sexualmente transmissíveis). Vanessa de Oliveira classificou o erro como “falta de respeito à vida”. E o psicólogo, Thiago de Almeida, ressaltou: “É uma furada para ambos”, diz.

8. Não checar referências
Como o próprio nome já diz, sexo casual acontece sem muito planejamento, mas é sempre aconselhável checar as referências do outro com amigos ou na internet. Mesmo assim, é preciso muito cuidado, nem sempre o que é visto nas redes sociais condiz com a realidade: “As pessoas mentem para si mesmas, pois não querem se sentir diminuídas”, lembra Thiago.

Já se o parceiro for um completo desconhecido, que encontrou na rua, é preciso redobrar os cuidado com a segurança: “Vá para um motel , mas nunca para a sua casa”, alerta Vanessa. E, de preferência, deixe alguma amiga avisada.

9. Divulgar a aventura
Falar sobre um encontro de sexo casual com amigos próximos, sem problemas. Mas sair divulgando a aventura na internet é gafe, pois pode dar a entender que está querendo exibir a conquista. “A prática é vulgar. É usar o outro como um troféu para aumentar a autoestima”, analisa Thiago.

Além disso, também pode gerar falsas expectativas para familiares e amigos que têm acesso ao seu perfil: “Automaticamente vão achar que vocês dois são um casal”, alerta Rodrigo.

10. Transar no embalo dos outros
Fazer sexo casual, só porque para aquela sua amiga foi ótimo, é uma furada. Nem todas as mulheres são liberais como pensam ser: “Se você sente que está de pé atrás, as chances de se arrepender depois são grandes. Se é para se sentir mal depois, não faça, não importa o que digam”, aconselha Rodrigo.

Caso não esteja 100% segura, deixe a ideia de lado — o quanto antes — para também evitar uma saia justa: “Não pega bem desistir do sexo quando você já está nu em cima da cama”, completa Vanessa.

Por: Alexandre Adoni para o IG São Paulo (link)